Será este o lugar mais quente do planeta?

publicidade

Existem lugares específicos da Terra que reinam como os mais quentes do planeta. Atingindo altas temperaturas anuais e com uma média de aquecimento acima do normal, esses são os lugares mais desagradáveis para os seres humanos em relação ao clima.

Vamos conhecer alguns destes locais extremamente quentes!

A temperatura mais alta já registrada no mundo foi no deserto de Lut, no sudeste do Irã, em 2005. O deserto de sal é verdadeiramente escaldante. Os satélites registraram uma temperatura de solo no deserto de Lut superior a 159,3 graus Fahrenheit (70,7 graus Celsius).
deserto de Lut, no sudeste do Irã

Essa temperatura chocante do deserto de Lut só não supera a marca registrada em 1972, no Vale da Morte, na Califórnia, conhecido como Furnace Creek. Essa área experimentou uma temperatura de solo de 201 graus Fahrenheit (93,8 graus Celsius), considerada a maior de todos os tempos.
Furnace Creek

Entre as regiões habitadas da Terra, o lugar mais quente é Dallol, um assentamento etíope no deserto de Danakil, que se estende por três países da África. Trata-se, de acordo com todas as fontes, do inferno na Terra.
Dallol, deserto de Danakil

Muitos vulcões ativos jorram rocha derretida na região de Dallol. Além disso, a localidade tem a mais alta temperatura média anual de qualquer lugar na Terra, cerca de 94 graus Fahrenheit (34,4 graus Celsius).

Outra região com temperaturas extremamente altas é Meca, na Arábia Saudita. O local de peregrinação santa, que recebe cerca de dois milhões de visitantes por ano, tem uma temperatura média anual de 87,3 graus Fahrenheit (30,7 graus Celsius). Meca é uma cidade-deserto, com um calor intenso e seco.
Meca, Arábia Saudita

No entanto, o prêmio de cidade mais sufocante do mundo vai para Bangkok, na Tailândia, que tem mais de seis milhões de habitantes e uma temperatura média anual de 86,5 graus Fahrenheit (30,2 graus Celsius). Você viveria em alguma dessas regiões escaldantes?
Bangkok, Tailândia

Fonte: Site Curiosidades

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *