Meu mundo caiu: urso “carinhoso” estava, na verdade, brincando com a comida

publicidade

Na semana passada, nós compartilhamos um vídeo que, supostamente, mostrava um urso polar brincando e fazendo carinho em um cachorro. Naquele dia, nós assistimos às imagens e ficamos comentado: “Que coisa mais linda. Que coisa mais fofa”. Ah, se soubéssemos as reais intenções do urso.

Qual não foi a minha tristeza e decepção ao ser informada logo pela manhã que esse simpático (agora, nem tanto) animal estava, na verdade, brincando com a sua comida? Pois é, mesmo que ele não tenha se alimentado exatamente daquele cão, a vítima foi outra, poucas horas depois.

Quem revelou a trama foi Brian Churchill Ladoon, que cuida dos cachorros e diz que a situação com os ursos está incontrolável. Brian afirma que já avisou as autoridades, mas nada foi feito. Assim, no dia em que um urso comeu um cão da raça husky siberiano, ele se viu obrigado a imobilizar o grande mamífero para retirá-lo da área.

A situação só fica ainda mais complicada, já que Brian se viu obrigado a alimentar os mamíferos para que eles deixassem de comer seus animais e, como você deve imaginar, dar comida a ursos selvagens é extremamente ilegal, pois eles se acostumam e se tornam um risco para os moradores do local. Além disso, segundo Ian Stirling, especialista em ecologia da Universidade de Alberta, essa atitude é, basicamente, uma sentença de morte para eles.

Brian, que é uma figura controversa dentro de sua comunidade, comete o crime há décadas – tudo para proteger seus cães. Como seus apelos nunca foram ouvidos, ele tomou uma atitude extrema: matou um urso e enviou a cabeça do bicho às autoridades em Winnipeg.

Apesar de seu trabalho na conservação do cão Esquimó Canadense ser muito valioso, muitas pessoas estão criticando suas ações, como o fato de ele deixar muitos dos animais acorrentados e, assim, sem chance de defesa.

Ainda não existe nenhuma solução para o caso e, agora, sem dúvidas, veremos este vídeo com outros olhos.

 

 

FONTE  SCIENCE ALERT

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *