Justin Timberlake tira selfie registrando seu voto e pode acabar preso

publicidade

Justin Timberlake tirou uma “selfie” enquanto registrava seu voto nas eleições dos EUA e pode acabar preso por 30 dias.

De acordo com as leis do estado do Tennessee, é terminantemente proibido tirar fotos ou fazer qualquer registro durante o momento da votação. Ao expor publicamente isso, o cantor pode ser indiciado e terá que, além de ser preso, pagar uma multa de US$ 50 (algo como R$ 155).

O intuito da postagem de Justin era incentivar todos os norte-americanos a participarem das eleições dia 8 de novembro, pois o voto não é obrigatório. “Hei! Você! Sim, você! Eu voei de Los Angeles para Memphis para votar! Sem desculpas, meu povo. Pode haver votações antecipadas em sua cidade também. Se não, em 8 de novembro! Escolha ter uma voz! Se você não tiver, eles não poderão ouvir vocês. Saia e vote! Exerça seu direito ao voto”, escreveu ele na legenda da imagem, já deletada.

De acordo com o site “TMZ”, o escritório da procuradoria do distrito já está investigando o caso.

Fonte Repórter Diário

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *