Coloque azeite dentro de uma tangerina – você vai amar o que vai acontecer!

publicidade

A vela é, sem dúvida, uma das mais belas decorações.

Em lugares mais frios, ela dá um toque de charme e ajuda a esquentar o ambiente.

Mas, se você mora numa região mais quente, só pelo seu valor decorativo já vale a pena usá-la.

á imaginou como sua mesa de Natal pode ficar realmente mais elegante quando você acrescenta algumas velas decorativas?

Mas até mesmo fora do Natal elas são um charme que deixa qualquer ambiente mais bonito.

Se está considerando a ideia de comprá-las, esqueça!

Temos uma ideia melhor: que tal fazer suas próprias velas com casca de tangerina/laranja-cravo?

Despertamos sua curiosidade, não é?

Só pelo material, que é totalmente natural, já dá para imaginar que além da decoração, você e sua família poderão desfrutar de um aroma delicioso durante a festa, certo?

É muito simples fazer esta linda e ecológica vela decorativa.

Antes de tudo, para facilitar o entendimento, veja o vídeo abaixo.

Agora veja o passo a passo:

1. Corte uma tangerina ao meio, em linha reta, deixando os dois lados com o mesmo tamanho.

2. Solte as cascas com cuidado, tanto de um lado, como do outro – aproveite e se alimente da fruta, que é tão deliciosa!

Vamos precisar apenas das cascas.

3. Coloque um pavio de vela no meio da concha de casca de tangerina e encha o espaço com um quarto de azeite de oliva – esta, como dá para perceber, será a base da vela.

4. Com a outra casca, faça um corte com formato de uma pequena estrela, o que dará um toque elegante à sua decoração.

5. Perceba que a casca vai sugar o azeite – esta é a hora em você deve acender o pavio da vela caseira.

6. O toque final é tampar a vela com a outra casca.

Tome cuidado com a vela!

Coloque-a num lugar segundo, para que não haja risco de incêndio.

Ocorrem muitos acidentes quando as pessoas saem de casa e deixam velas acesas.

Elas podem cair sobre móveis e tecidos.

Em tempo: tangerina é também chamada de laranja-cravo, mexerica, bergamota, mandarina e poncã.

 

Fonte Site Cura pela natureza

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *